segunda-feira, 27 de abril de 2015

A montanha mágica




Passa devagar o tempo  na montanha.
O encantamento lá, flui intensamente.
O ar de outono gostoso, frio e suave
penetra mansamente na nossa pele.
Lá, as almas encontram a paz e a harmonia,
impossíveis em outro lugar.

Passa devagar a vida na montanha.
A felicidade, privilégio de poucos,
pode-se ainda ser vivida em sublimes momentos.
Lá, dois corações se encontram e teimam em se amar,
ao som harmonioso e alegre da floresta.

Passa devagar o tempo, a vida na montanha.
Deus caminhou por lá e com sua eterna bondade
espalhou com perfeição, para a eternidade,
a magia sublime da natureza viva!


C@rlos rosa.

Abril de 2015

4 comentários:

  1. Que poema tão belo e tão sensível, acalma e dá uma leveza ao ler o positivismo do seu autor.
    muito belo!
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querida amiga Sol, agradeço a sua gentil visita,
      forte abraço.

      Excluir
  2. Oi, Carlos!
    Que surpresa boa a sua aparição no "luz" :)
    Essa montanha fica no paraíso...
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Voltando ao pouco minha cara Luma Rosa, no meu paraíso.
      forte abraço.

      Excluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog