terça-feira, 6 de março de 2012


6 comentários:

  1. ...e como é gostoso amar e ser amado assim!!
    Linda escolha de postagem meu amigo.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Mais uma belíssima edição Caurosa!
    Gosto do seu jeito de fazer blog. Desculpe a minha ausência nos comentários, nem sempre o tempo me obedece...rsrsrsr.. Mas, estou sempre por aqui espionando e apreciando o movimento. Beijus

    ResponderExcluir
  3. Tão lindos dizeres sobre o amor. Ah, o amor! Às vezes o acho um tanto brincalhão, no instante seguinte é moço sedutor. Gosto da sua inconstância, embora ande com preguiça dele.

    Beijos, Carlos.

    ResponderExcluir
  4. Gosto demais do que Martha escreve... É o que chamo de sensibilidade precisa.

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  5. E assim é...

    Bela postagem.

    Beijos,

    Anna Amorim

    ResponderExcluir
  6. Olá, Carlos!

    O gostar-se, ou não, não obedece a regras; nem terá uma única explicação que sirva para todos.Gosta-se porque se gosta, e pronto!

    Bonito texto, cheio de sabedoria.
    Um abraço.
    Vitor

    ResponderExcluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog