quarta-feira, 9 de abril de 2014

Poema da Noite


Paulo Leminski

5 comentários:

  1. Paulo Leminski poetisa lindamente e sua escolha foi ímpar.
    Eu ando bem assim, vazio agudo...meio cheia de tudo...

    Abraços meu amigo.

    ResponderExcluir
  2. Estou assim também de saco cheio, mas Booooooooooooooota cheio nisso!! abração,chica

    ResponderExcluir
  3. É uma sensação compartilhada, essa do vazio, de se estar cheio... Bravo, Leminski.

    Beijo, querido amigo.
    De futebol hoje eu não falo.

    ResponderExcluir
  4. Chefe.
    Beleza os versos do Quintana e do Leminski. Retrato do momento, certeza...
    E o Drummond aí ao lado...
    Grande abraço, que maio nos caia bem!
    Adh

    ResponderExcluir
  5. depois de um tempo afastada, estou retornando com meu blog..
    adoraria receber tua visita..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails