segunda-feira, 26 de abril de 2010

INCERTEZAS - 1º PARTE




Os dias que passamos na dúvida, pensando nas incertezas que povoam os momentos tristes e alegres de nossa vida, formam um emaranhado de lembranças que remontam à nossa infância, fatos obscuros, perdidos no insondável profundo de nossa obscura história de vida, causam momentos de espantos e sobressaltos que nos levam a imaginar se nossa mente é possuída por uma força entranha que carrega para o presente de nossa vida coisas dessas lembranças pouco agradáveis do passado.
O passado, às vezes nos persegue incessantemente, parece nos cobrar pelos atos que praticamos quando vivíamos possuídos por ingênuas ações inconscientes, que sempre nos levavam à atividades pouco exemplares para quem pretendia percorrer caminhos normais de retidão, com passos conscientes e firmes sem deslize pela vida à fora, a firmeza de propósito em tentar viver as coisas e os prazeres da vida de uma forma reta, honesta e sem ferir os princípios da moral e dos bons costumes.
Quando nosso subconsciente nos faz agir de forma desvairada e febril, deixando prevalecer estágios de gostosa loucura na busca de prazeres nem sempre recomendável, que se tornam páginas negras na nossa vida. Porém quem terá coragem de fugir desses momentos? Quem será punido, por ter se escusado a viver os momentos de luxúria e prazeres da vida carnal, de momentos de intensa satisfação e lassidão com a alma em brasa pedindo para o corpo se entregar?


C@urosa

32 comentários:

  1. O melhor é deixar o passado onde deve ficar...E recomeçar todo os dias...
    bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  2. A dúvida vem semper ao nosso encontro.
    eu queria poder ser mais corajosa em certas situações!


    ótimo texto :}

    ResponderExcluir
  3. Carlos, voCê sim é tão amável..
    te linkei lá no blog e não sairei daqui nunca!

    um grande beijo :)

    ResponderExcluir
  4. Carlos. se vc me permite!? postarei aqui letra de uma lindíssima canção do compositor Biafra...alguns versos,isso pra não tomar todo seu espaço e, qdo puder ouça no vídeo tb.

    "sonho de Icaro"
    Voar, voar
    Subir, subir
    Ir por onde for
    Descer até o céu cair
    Ou mudar de cor
    Anjos de gás
    Asas de ilusão
    E um sonho audaz
    Feito um balão...
    No ar, no ar
    Eu sou assim
    Brilho do farol
    Além do mais
    Amargo fim
    Simplesmente sol...
    Do alto coração
    Mais alto coração...
    Viver, viver
    E não fingir
    Esconder no olhar
    Pedir não mais
    Que permitir
    Jogos de azar
    Fauno lunar
    Sombras no porão
    E um show vulgar
    Todo verão...
    Fugir meu bem
    Pra ser feliz
    Só no pólo sul
    Não vou mudar
    Do meu país
    Nem vestir azul...
    Faça o sinal
    Cante uma canção
    Sentimental em qualquer ton....(tem mais)
    (Biafra)

    ResponderExcluir
  5. O passado, às vezes nos persegue incessantemente, parece nos cobrar pelos atos que praticamos ...mas não deveríamos dar ouvido à ele, ao passado....isso sempre acontece comigo, devia dar um basto nisso tudo, passado é passado...passou!


    Beijos meu querido amigo.

    ResponderExcluir
  6. Olá Carlos
    É realmente muito difícil resistir às tentações. Vamos aguardar a 2ª parte.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. Cau, viver cada dia...
    Arrependimentos? Só do que não experimentamos.

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  8. Deixei um mimo para si no meu blog :)

    ResponderExcluir
  9. É verdade, já diz o nome passou,já foi, é passado. Cada um tem suas necessidades e oportunidades, por isso existem as escolhas. Se viveu,melhor;senão fica sempre martelando, por que não fiz? Tudo tem seu tempo, idade,momento e cada um faz o que dá pra fazer. Ficar se lamentando ou se culpando não levará a nada não é?Adorei o que li aqui. Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  10. Não sei como vim para aqui...mas...ADOREI me perder!!!
    Amei teu Blog...A--M-E-i!!
    Muitissimo bom gosto, parabéns!

    ResponderExcluir
  11. Caro amigo Carlos.

    Hoje a minha visita é para agradecer.
    Nestes dias que celebro a minha vida,
    tenho certeza de que a mesma
    não teria o brilho de hoje,
    se não fossem os amigos e amigas
    que a tornam valiosa
    mesmo que distantes.

    A ti gostaria de dizer obrigado:
    Obrigado pelas visitas ao meu blog.
    Obrigado pelas palavras semeadas.
    Obrigado por sentir os meus textos
    com os olhos do coração.

    Sou eternamente grato a vida,
    por mais estes presentes
    que de modo gentil
    deixas em minha vida,
    fazendo de mim uma pessoa melhor,
    e pleno de felicidade.

    Lindos dias de vida para ti.

    ResponderExcluir
  12. Oi Carlos, o texto permite pensar um pouqinho e voltar atrás no tempo sim em busca de certas respostas para o nosso presente. Às vezes digo para os meus filho que o importante é olhar a vida para a frente, é o que tentamos fazer sempre com novas ações e novos rumos.
    Grande abraço,
    Janeisa

    ResponderExcluir
  13. Cara, a vida é um eterno questionamento, mas nem sempre podemos deixar ser assombrados pelo passado, pois sempre tomamos a decisão melhor, mesmo que não pareça que foi assim...

    Fique com Deus, menino Carlos Rosa.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Nossa!! Me deu saudades até do que nem sei! rsrs

    ResponderExcluir
  15. Sim, quem terá coragem de fugir?

    Excelente reflexão, q acomete a cada um de nós, vez ou outra...

    belo texto Cau... beijos e boa semana!!

    ResponderExcluir
  16. Passado é passado. Serve de aprendizado.
    Vou ficar esperando a segunda parte.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  17. É, esse é o Meu Poeta,
    Sempre reflexivo.
    Sabe, às vezes não me sinto bem
    em pensar no passado, mas para que
    fazê-lo se, o que vivo hoje (ao seu lado),
    me faz tão bem...
    Beijinhos saudosos,
    Sua, só Sua,
    Nandinha.

    ResponderExcluir
  18. Oi Carlos,

    Sobre sua reflexão, tenho a dizer que:Para sermos seres humanos melhores temos q derrapar e até nos arranhar.Passar por esta vida sem sentir o gostinho do fruto proibido nao tem graça. Ao menos teremos histórias para contar.

    Beijinho e ótima semana!

    ResponderExcluir
  19. No Tai Chi, a gente vive corporalmente a possibilidade de ir para um lado e depois para o outro, com a certeza, de que o movimento do outro é incerto! Aprender a viver na incerteza, na atemporalidade e na aespeacialidade... missão d´Alma! bjs

    ResponderExcluir
  20. ...devemos usar o passado como
    um trampolim, e jamais como
    um sofá.

    é mais ou menos isso...rsrs

    menino, você escreve lindo!

    deixo bj

    ResponderExcluir
  21. Oi meu amigo, obrigada pelo comentário, sinta-se abraçado e acarinhado.



    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  22. Não tenho respostas para as interrogações do texto.

    Alguns vivem esses momentos de prazer e pagam um preço alto, e sofrem o resto da vida.
    Outros não vivem esse momentos de prazer e passam o resto da vida imaginando como seria ter vivido.
    E quem sofre mais?
    Me gera mais interrogações, tá vendo você.rsrs

    E o passado nos pega de supetão, feito susto, feito escorregão.

    Por isso muitos dizem que devemos primeiro aprender a nos perdoar, a nos compreender.

    Carlos, estou adorando sua nova fase no blog.

    abraço

    ResponderExcluir
  23. A dúvida paralisa, gera ansiedade.
    A decisão alivia, por mais que não conhecemos o futuro.
    O passado, algumas vezes, ajuda nas decisões. Pelo menos nos aponta erros conhecidos...

    Aproveito para te convidar a conhecer o meu espaço e catar palavras comigo e com os outros que lá estão.

    Luciana (Catadora de Palavras)

    ResponderExcluir
  24. Ãmigo, não dá para fugir de momentos assim. vamos nos embebedar?

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  25. Meu amigo,,,voce disse muito,,,o passado pra mim tem atrapalhado muito o futuro,,,,estranho sentir isso,,,tudo parece que congelou lá atras...ficou,,,e nao renasce....abraços de bom dia pra ti....fica com Deus.

    ResponderExcluir
  26. Aprendemos com o passado.

    Bom dia amigo.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  27. Prezado Carlos;
    Grato pelas boas vindas de volta, p/ variar, lindo o espaço renovado. Que atual o soneto de 77 sobre as drogas, a linda música de Caetano na bela voz de Gal Costa... Qto às incertezas, não estamos todos nós sujeitos a elas? Então é rezar p/ que Deus esteja sempre nos acompanhando pelo bom caminho.
    Forte abraço, Paz e Harmonia p/ você e a todos os seus.
    Adh

    ResponderExcluir
  28. Você temperou meu pensamento com cores do passado. Me levou a uma reflexão que as vezes não me permito. Erros? Quem não os teve? Principalmente quando foram cometidos em nome do amor. Um beijo querido, obrigada por me "remexer".

    ResponderExcluir
  29. O passado não é ruim e nem é bom. Ele pode ser um pouco dos dois em cada momento, mas nao devemos nos prender a ele, devemos viver o hoje. É fácil, não. Mas é o certo, pq se não nunca experimentamos coisas novas, renascemos. Eu tb luto contra isso, é um eterno aprendizado, meu amigo. rs
    Bjs! Lu

    ResponderExcluir
  30. Olá amigo, sempre feliz com a tua visita carinhosa. O ser humano sempre em seu eterno dilema entre o bem e o mal, o importante é que queiramos sempre achar o bom caminho, "errar é humano", mas não devemos persistir no erro, nossas faltas tem consequências para nós e para aqueles que nos cercam; quando passamos a fazer outros sofrerem é hora de parar e repensar os nossos atos. Belo texto reflexivo, bjs!

    ResponderExcluir
  31. ahh eu sou sua fã caurosa..srrsrs belas palavras....

    xero **
    olha o tetxo abaixo tb essa musica e linda..... de caetano ...

    ResponderExcluir
  32. nada como começar todos os dias...sem olhar para trás, apenas corrigindo os erros e vivendo...
    bejuxus!!!!

    ResponderExcluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog