segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Baú do Carlinhos


Nas ondas do rádio


O rádio foi um dos mais importantes meios de comunicação na minha formação de cidadão e profissional. A cidadania, me parece que começa quando nós somos conscientemente inseridos no meio social em que vivemos. E a minha leitura deste meio social veio, certamente, através do rádio, que era o veículo de comunicação de maior acesso em minha infância e adolescência.

Através do rádio eu tinha contato com a realidade do dia-a-dia , o cotidiano, muitas vezes violento da cidade, com a fantasia das novelas do rádio e com os programas de auditório e humorísticos . E com o mais importante e fantástico meio formador e educacional para um indivíduo: O Esporte, principalmente o Futebol. Foi através do rádio que o Futebol e o Basquetebol entraram em minha vida, ouvindo e torcendo pelos grandes ídolos desses esportes.

Vivemos um momento de crescente modernidade e novidades. No que se refere às novas tecnologias de informação, a velocidade com que surgem novos e maravilhosos veículos transmissores de cultura, entretenimento e lazer é enorme. O rádio possui ainda um espaço neste disputado meio, logicamente que menos atrativo, mas ainda muito veloz e produtivo. Cabe aos profissionais, interessados em trabalhar o rádio como meio de transmissão cultural e educacional, usarem de criatividade e força de vontade, para que o seu uso e interesse voltem a crescer.

A escola e os gestores da Educação, atualmente, pouco ou quase nada tem valorizado o rádio. Os investimentos e a sua inserção no meio escolar é muito pequena. O desinteresse dos alunos e professores vem desta falta de investimento neste poderoso meio de comunicação.

Eu vejo um potencial enorme no rádio como um veículo que ainda poderá render muitos projetos criativos para o processo de ensino e a aprendizagem nas unidades escolares em nosso país. Sem querer ser redundante, para que isso aconteça, precisamos, com urgência, de estímulo, muita formação, recursos materiais e financeiros.

CAUROSA

17 comentários:

  1. Carlos concordo, mas uma pratica que seria um incentivo ao setor seria a desburocratização de criação de rádios comunitários, pois senão me engano, as mesmas só pode ter um raio de ação de dois quilometros...

    Fique com Deus, menino Carlos Rosa.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Não há dúvida que o rádio é um meio muito poderoso.
    Nos viajamos ouvindo rádio e quando trabalhamos em casa podemos ouvir e estar a par dos grandes ou pequenos acontecimentos.
    Parece que houve um esquecimento propositado contra a rádio, mas a seu tempo ele voltará.

    ResponderExcluir
  3. Carlos, claro que pode ser uma ótima ideia, um ótimo projeto, se bem orientado.

    Porém, com a dinâmica da internet, onde até o meio jornalístico, principalmente do jornalismo impresso, tem corrido atrás da internet como forma de se antecipar às notícias, porque antes que eles informem uma notícia, a notícia já andou o mundo.

    Mas sempre acredito que imaginação, criatividade, interesse, empenho...possa essa ideia dar certo nas escolas.

    abraço, sucesso!

    ResponderExcluir
  4. Oi Carlos. Sabe, a rádio demorou a entrar em minha vida, mas, de uns anos para cá, tem tomado um espaço enorme dentro de mim - ouço notícias, músicas, variedades, gente interessante (e outros nem tão interessantes assim!). Você é radialista, Carlos? Um beijo, Deia.

    ResponderExcluir
  5. Oi Carlos
    Apesar de toda modernidade dos meios de comunicação, eu nunca abandonei o velho e amigo rádio. O meu fica ligado praticamente o dia todo.Ainda é um veículo muito importante, principalmente nas classes mais humildes da sociedade. Adoro.
    Abração

    ResponderExcluir
  6. Concordo Carlos, eu adoro ouvir rádio e curto horrores os programas de notícias. Aqui em POA sou ouvinte da Pampa Am, basicamente o programa Pampa News.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu amo radio!
    Aprendi muita coisa ouvindo radio.
    Bjs meu querido.

    ResponderExcluir
  8. Lembrei-me do rádio da escola em que eu fazia parte, organizava as atrações. Foi um aprendizado!

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  9. O rádio pra mim ainda é importante. Sou dona de casa e nas minhas lidas tenho o rádio como companhia, Abraço. Amelia

    ResponderExcluir
  10. Amigo Carlos,
    Penso que uma midia não exclui a outra e a história tem mostrado isso a toda hora. Inclusive, lendo os comentários feitos até agora, dá pra notar que a população adulta é chegada num rádio. O rádio está inserido na vida de todos nós.

    Penso também que diferentes tipos de midias podem e devem conviver harmoniosamente e serem usadas na educação, pois educamos para a vida e as midias estão aí fazendo parte da nossa vida.

    O que eu observo que está faltando são BONS PROJETOS EDUCATIVOS que incluam o rádio, projetos viáveis, factíveis, interessantes e que realmente contribuam para o crescimento do aluno e sua inserção nessa sociedade pluralista. Tenho visto a respeito, pseudo-projetos, para implementar a vida deste ou daquele em particular. E vou te dizer mais, tem muitas idéias boas por aí, mas quando chega na hora de botar no papel e correr atrás, verdadeiramente, o pessoal murcha, simplesmente não sabem fazer projetos. Só fazem projetos acadêmicos, fantasiosos, sem conexão com a realidade e portanto, sem qualquer possibilidade de serem aprovados por quem de direito. Mas, em última análise, acho que o rádio tem que entrar na vida estudantil. Tem mesmo. Bjssss, amei o post.

    ResponderExcluir
  11. Carlos
    Eu ainda gosto de ouvir o velho Rádio, está esquecido mas com um projecto bem organizado pode renascer.
    Eu sou do tempo (para mais no Alentejo profundo), que era o unico meio de saber alguma coisa de fora.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  12. Até hoje ouço rádio eu adoro.

    Estive ausente aqui mas não te esqueci, são tantos amigos(graças a Deus), que acaba sempre um ficando sem eu visitar.


    Um ótimo dia pra vc.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  13. O radio é muito bom e tem um poder imenso de informação...abraços amigo e um belo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  14. Perfeita postagem,significativo texto.
    Eu lembro que minha mãe falava que as novelas pelo rádios eram fantásticas,tinha uma certa magia.
    Adorei.
    Obrigado pelo carinho da visita.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  15. Poderia fazer valer, paz.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  16. Ah, sim,complementando, lindo o "baú..." com a crônica sobre o rádio!
    Abç,
    Adh

    ResponderExcluir
  17. Meu fiel escudeiro Caurosa,
    sem dúvida. Nada vai substituir o prazer de acordar de manhã e ligar o rádio sentindo o cheirinho do café se espalhar pela casa...
    Bjs,
    Tati.

    ResponderExcluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog