segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Até o fim

Música de qualidade para começarmos bem o novo ano.



Quando nasci veio um anjo safado
O chato do querubim
E decretou que eu estava predestinado
A ser errado assim
Já de saída a minha estrada entortou
Mas vou até o fim
"inda" garoto deixei de ir à escola
Cassaram meu boletim
Não sou ladrão , eu não sou bom de bola
Nem posso ouvir clarim
Um bom futuro é o que jamais me esperou
Mas vou até o fim
Eu bem que tenho ensaiado um progresso
Virei cantor de festim
Mamãe contou que eu faço um bruto sucesso
Em quixeramobim
Não sei como o maracatu começou
Mas vou até o fim
Por conta de umas questões paralelas
Quebraram meu bandolim
Não querem mais ouvir as minhas mazelas
E a minha voz chinfrim
Criei barriga, a minha mula empacou
Mas vou até o fim
Não tem cigarro acabou minha renda
Deu praga no meu capim
Minha mulher fugiu com o dono da venda
O que será de mim ?
Eu já nem lembro "pronde" mesmo que eu vou
Mas vou até o fim
Como já disse era um anjo safado
O chato dum querubim
Que decretou que eu estava predestinado
A ser todo ruim
Já de saída a minha estrada entortou
Mas vou até o fim
Chico Buarque

14 comentários:

  1. "Mas vou até o fim"
    Sou eu todinha assim!
    Amo essa música!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Como tem parecido comigo, observe >

    "Quando nasci veio um anjo safado
    O chato do querubim
    E decretou que eu estava predestinado
    A ser errado assim
    Já de saída a minha estrada entortou
    Mas vou até o fim".
    Hahahahaha!

    Um abraços.

    ResponderExcluir
  3. Estou aprendendo a ir até o fim. Bela canção! Montão de bjs e abraços

    Elaine Barnes

    ResponderExcluir
  4. Começar ao som de chico, nada poderia ser melhor.....
    Boa semana, beijos.

    ResponderExcluir
  5. Cau,

    Que maravilha! Obrigada amigo.

    Uma semana maravilhosa e um ano super. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  6. Que dupla, heim?
    Que bom que temos sua sensibilidade pra nos presentear com músicas bacanas assim.

    E eu também vou até o fim!

    Beijos, Carlos.

    ResponderExcluir
  7. É bom reler estes poemas saídos da pena e da alma poética de Chico Buarque.
    Transpôs a dor do seu povo irmão, sua sina e seu destino numa estrada torcida e sofrida.

    Esse querubim não era mesmo bom da "tola".
    Só tinha que dar uma mão amiga. Não tinha que entortar os nossos caminhos.......

    Farei queixa dele ao seu patrão.....

    ResponderExcluir
  8. Olá Amor,
    Realmente essa é uma linda canção.
    Excelente composição do Chico e MARAVILHOSA voz e atuação do Ney.
    Beijinhos até o fim,
    Nandinha.

    ResponderExcluir
  9. Quando eu nasci veio um anjo bondoso e decretou que eu seria abençoada por pertencer a um mundo cheia de pessoas legais ao meu redor.
    Sinto que vc é uma dessas pessoas.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá, Carlos!
    Sem dúvida nenhuma: baita qualidade!!
    Abçs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  11. Até o fim...seu gosto musical não deixa nada a desejar.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  12. Oiie, estou seguindo, me segue tambeem?
    http://bloggerfaby.blogspot.com/
    Obg *--*

    ResponderExcluir
  13. Gostei da música, Chico é d+.
    C@urosa, passando para te deixar um beijo.

    Com carinho.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  14. Carlos,

    Escolher Chico pra começar o ano é Bingo! Sorte grande pra todos nós.
    Essa letra é especialíssima!

    Bjssss

    ResponderExcluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog