quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Lua calma






IMENSA NOITE DE PAIXÃO.
USAMOS E ABUSAMOS
DO DIREITO DE  AMAR.
INTENSA NOITE DE TESÃO.
USAMOS E ABUSAMOS
DO DIREITO DE  ACARICIAR,
O CLÍMAX FOI TOTAL
NUM FUROR SELVAGEM...ANIMAL.
O AMOR FLUIU PLENO.
HAVIA, NA NOITE SERENA,
UMA LUA CALMA
A NOS CONTEMPLAR.

CARLOS  ROSA




17 comentários:

  1. Nem sei como a lua conseguiu ficar calma. kkk

    O poema passa a beleza de amar, com carinho, com paixão, com desejo, com intensidade.

    beijo

    ResponderExcluir
  2. LINDO! E ao contrário da lua que era calma....tudo foi bem agitadinho,rsr abraços,chica

    ResponderExcluir
  3. Amor,
    Esse "Nosso Poema" é LINDO, LINDO, LINDO...
    Eu adorei o que você escreveu,
    Eu amei o que você fez e sempre faz!
    Te amo muuuuuuiiiiiiitttooooo!
    Beijos intensos,
    Nandinha.

    ResponderExcluir
  4. Isso é Lua de fogo heheheh.
    Agora mesmo vinha chegando em casa e uma lua cheia maravilhosa me acompanhand desde lá do céu. Há algo mágico com esse luminar, suas fases fala de estads de ser. Na astrologia Lua no Maa Natal está associada ás nossas reações instintivas para nos proteger. Realmente é de uma força enorme , incapaz de ignorarms nossas emoçoes e nossa força feminina, que vive em nossas entranhas, que se esconde de medo e se abre para dar a á luz um ser.
    Belomomento vivido.
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Simplesmente lindo.Uma noite de puro amor e entrega.E ainda assim a lua era calma e cumplíce.
    beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Meu amigo, você está a ponto de bala! Ame e se deixe ser amado que é o mais importante. Você é poeta dos bons meu amigo Caurosa. Abração e seja feliz por que ela quer.

    ResponderExcluir
  7. A lua sempre será companheira e cúmplice desses momentos de vida...de amor,,,e paz..abraços de bom dia pra ti amigo.

    ResponderExcluir
  8. nossa!! uau!!
    o que foi bom tem que ser dito em voz alta..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  9. O prateado da lua avermelhou um tanto, não foi? Até ela, acostumada às mais ardentes noites de amor, suspirou com certa inveja ao que presenciou.

    Muito bom!
    Beijos, Carlos.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Carlos!

    Poema quente este, de noite escaldante, dito com gosto, e uma boa dose de erotismo que encaixa lindamente.

    Obrigado pela visita.

    Abraço amigo.
    Vitor

    ResponderExcluir
  11. ...a lua,
    sempre ela, íntima e discreta
    confidente dos amantes!

    lindo poema, professor!

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Lindo poema, cheio paixão...adorei..Um abraço

    ResponderExcluir
  13. E naquele momento, fez a escultura do amor...
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  14. Prezado Carlos;
    Que o amor continue inspirando os poetas!
    Abç,
    Adh

    ResponderExcluir
  15. Meu amigo

    Uma bela noite de amor...que seja eterno.
    Agradecendo a visita, deixo um beijinho

    Sonhadora

    ResponderExcluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog