segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Baú do Carlinhos

Shortstory





O dia era quente e triste, eu voltava da escola, o suor escorria pela minha testa e gotas caiam nos meus olhos e ardiam. Fiquei assustado ao ver um aglomerado de pessoas na porta do bar do Tito, não imaginava a desagradável e terrível surpresa que me esperava. Ao aproximar-me vi, espantado, caido na calçada do bar o corpo agonizante de meu amigo Mário. Meu corpo estremeceu de pavor e o choro veio rápido, as lágrimas escorreram pelo rosto . Lá estava , imóvel, o corpo do meu melhor amigo, ensanguentado. Havia sido esfaqueado brutalmente após uma discussão inútil. Era o fim de uma amizade curta entre o menino sonhador e o jovem bom, querido e estimado por todos os moradores da minha rua. Hoje o menino sonhador é um adulto marcado por sentimentos , emoções e uma vida de muitas lutas. Mas a amizade do tempo de menino, nunca se apagou da minha vida e deixou marcas na alma e no meu coração.

Carlos Rosa

34 comentários:

  1. Que triste meu amigo. Isso realmente jamais se apaga da mente de quem vivenciou.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. Carlinhos (meu chará, rs).
    Belo texto relembrando uma amizade que se foi.
    Belas palavras e trsite texto, mas muito verdadeiro.
    abraços

    obrigada por visitar-me.

    ResponderExcluir
  3. Realmente certas coisas ficam eternamente fixados em nós.Parece que o tempo congela.
    E momentos assim, doem, doem muito...
    Abçs amigo Carlos
    Maurizio

    ResponderExcluir
  4. Oi , Carlos


    O texto é triste e lindo ...
    Realmente , existem coisas que jamais se apagarão
    de nossa memória , de nosso coração.


    Meu BjO e desejo de uma Noite Cheia de Paz ...

    ResponderExcluir
  5. não é impressionante o poder de uma faca? fere não só fisicamente, mas a alma daqueles que ficam, para chorar a dor, de quem se foi.

    =*

    ResponderExcluir
  6. Que tenha algo a valer a pena... triste é... e a amizade foi e sempre será especial!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Tão triste perder um amigo assim.
    bjs querido.

    ResponderExcluir
  8. Coisa mais linda esse texto, coisa mais linda é a amizade. E a de vocês não foi interrompida, porque ficaram as lembranças que fazem a história dessa amizade.

    Meu abraço carinhoso, Carlos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. É triste quando se perde alguém querido, mas quanto dos nossos "eus" matamos para ter uma vida com conceito um pouco melhor?

    Fique com Deus, menina Carlos Rosa.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Nossa Carlos, você escreveu tão belamente, mesmo sendo uma tragédia, amenizou o terror da situação e realçou a amizade, verdadeira, inocente e sobrevivente a própria morte. Beijos querido, ler-te faz um bem pra minha alma. Tem horas que me levas à infância sabia?

    ResponderExcluir
  11. Carlos, uma amizade ceifada dessa maneira deixa muitas marcas e ensinamentos em nós... Dor difícil de imaginar... Um beijo, Deia

    ResponderExcluir
  12. Poxa que tragédia. E esse tipo de acontecimento fica gravado em nosso coração e mente.
    Mas tente se lembrar dos momentos bons que passaram juntos, isso as vezes funciona pra amenizar a dor.
    Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  13. lindo e triste...
    acho que todos nós em uma certa época da vida passamos momentos como este..
    mesmo que não seja tão trágico..
    mas a partida de um amigo ou parente nos deixa marcas que nem o tempo pode apagar..
    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  14. Olá, Carlos!
    Na pior das hipóteses, não estamos preparados pra perder alguém ou coisas, mas quando acontece de forma brutal e repentina...
    Abçs!
    Rike.

    ResponderExcluir
  15. Nossa Carlos que triste, e que experiência de sofrimento tão intenso e já em menino. Bela homenagem a este amigo que o tempo não apagou.
    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Bom dia, meu bom amigo C@urosa!
    Na minha adolescência, também perdi uma amiga querida, vítima de atropelamento. É sempre doloroso vivenciar a perda de quem gostamos, mas, quando isso acontece de forma trágica, é muito mais difícil superar.
    Um abraço ;)

    ResponderExcluir
  17. Meu amigo, uma história triste e comovente.
    Me emocionou.

    ResponderExcluir
  18. Olá, Carlos.
    Vim agradecer pelo carinho deixado em meu recanto e, então, deparei-me com suas palavras. É maravilhoso ler-te! Sabes como nos prender em sua leitura. Lindo este texto.
    Ao partirmos não vamos, simplesmente, embora, mas somos eternizados em cada palavra, em cada passo que damos, em cada mordida inacabada ou aperto de mão, mas,principalmente, em cada olhar no qual hesitamos.

    Beijo grande!

    Srtª Bêêh

    ResponderExcluir
  19. Super Cau, pungentes suas lembranças sobre o amigo...

    Paz e harmonia! (repetindo seus sempre carinhosos votos)

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  20. Passando pra te reler e deixar
    Bjo de Boa Noite , Carlos !

    ResponderExcluir
  21. espero que muitas lembranças boas dessa amizade tenham restado, para fazer com que vc lembre sempre desse seu amigo, não querendo nunca, esquecê-lo. Tenho certeza que as lembranças boas são muitas

    ResponderExcluir
  22. OLÁ, POETA
    Venho propor-lhe algo no meu post de hoje...
    Conto com sua participação amiga.
    Excelente semana,cheia de ricas bênçãos!!!
    Abraços fraternos

    ResponderExcluir
  23. Amigos passam pelas nossas vidas e quando nos deixam de repente nos fazem refletir o que vale a pena, o que é a vida realmente.
    Talvez essa seja a grande função do amigo... amigos verdadeiros, amigos de alma!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Tenho raiva de pessoas que tiram a vida de pessoas por besteira. Mas, graças a Deus quem viveu com essa pessoa nunca esquece, mesmo que ela já não faça parte do cotidiano como antes.

    Lindo texto! Amei *-*
    xx

    ResponderExcluir
  25. Oun amor, sinto muito pelo seu amigo, mal sei o que dizer, desculpe-me

    ResponderExcluir
  26. Olá Carlos, meu mais novo querido amigo!
    Muito obrigada por ter ido ler meus poemas, adorei sua visita, não me abandone, rssss!
    Um grande bjo!
    Gena

    ResponderExcluir
  27. Oi Carlos, esqueci de perguntar, posso pegar emprestado esse coração bandeira do Brasil?
    Depois mostro onde vou usar, se vc deixar, claro!
    Bjssssss
    Gena

    ResponderExcluir
  28. Alguns momentos da vida são dificeis de se apagar da memoria e do coração...abraços de belo dia pra ti.

    ResponderExcluir
  29. Olá, Carlos!

    Bonita descrição, dum acontecimento tão triste, ainda mais quando consequência de violência gratuita e sem sentido.

    Olhe, tentei registar-me como seu seguidor mas não consegui; o blogger está mal disposto, e disse-me para voltar mais tarde - o que farei.

    E obrigado pelo seu comentário.

    abraço amigo.
    Vitor

    ResponderExcluir
  30. No meu blog, http://lenjob.blogspot.com, tem os cinco poemas diarios, mas peço que dê uma passadinha no Castelo do Poeta, http://castelodopoeta.blogspot.com, que bombou com a nossa cultura esta semana. Aguardo.

    João Lenjob.

    Borboleta
    João Lenjob

    Laço e serpentina
    E embrulha num presente
    Borboleta
    Crença tão divina
    Mil confetes e pirueta
    Borboleta
    Aquela lágrima vem aqui brilhar
    Trazendo o amor o deixando livre voar.

    Trapezista pra retina
    Sonho de bailarina
    Borboleta
    Artista todavia
    Movimento sorridente
    Borboleta
    Dá pro mundo aquele dom pra acreditar
    Trazendo o amor o deixando livre voar.

    Linda lá no bosque
    Brinca na floresta
    Borboleta
    É na cachoeira
    Ou talvez até pousada
    Borboleta
    Faz aquele encanto de brotar assim no ar
    Trazendo o amor o deixando livre voar.

    Colorindo o céu
    Chega cintilando
    Borboleta
    Colore toda a vida
    Suas pétalas são rosas
    Borboleta
    Mágica pra vida e alegria pro olhar
    Trazendo o amor o deixando livre voar.

    ResponderExcluir
  31. "Hoje o menino sonhador é um adulto marcado por sentimentos , emoções e uma vida de muitas lutas"

    Ah, fiquei com uma vontade de abrir mais a tampa deste baú. E conhecer mais e mais dos sentimentos, emoções e lutas.


    Uma triste história, que torna-se mais dolorosa por ter sido com jovens - o que morreu, o que perdeu o amigo, e viu cena tão brutal.

    abraço

    ResponderExcluir
  32. Texto comovente querido. bjs. bom final de semana.

    ResponderExcluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog