segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Para os "ensinadores" do Brasil



Paulo Freire

Aprender não é acumular certezas
Nem estar fechado em respostas
Aprender é incorporar a dúvida
E estar aberto a múltiplos encontros
Aprender não é dar por consumada uma busca
Aprender não é ter aprendido
Aprender não é nunca um verbo do passado
Aprender não é um ato findo
Aprender é um exercício constante de renovação
Aprender é sentir-se humildemente sabedor de seus limites,
mas com a coragem de não recuar
diante dos desafios
Aprender é debruçar-se com curiosidade sobre a realidade
É reinventá-la com soltura dentro de si
Aprender é conceder lugar a tudo e a todos
E recriar o próprio espaço
Aprender é reconhecer em si e nos outros o direito de ser dentro de inevitáveis repetições
porque aprender é caminhar com seus pés um caminho já traçado
É descobrir de repente uma pequena flor inesperada
É aprender também novos rumos onde parecia morrer a esperança
Aprender é construir e reconstruir pacientemente
Uma obra que não será definitiva porque o humano é transitório
Aprender não é conquistar nem apoderar-se mas peregrinar
Aprender é estar sempre caminhando, não é reter mas comungar.
Tem que ser um ato de amor para não
ser um ato vazio.

17 comentários:

  1. Bonito o texto, mas entra algo que me foi me falando, quando colocamos a pessoa sem a minima vocação para coisa, acabamos gerando algo infeliz que ineficiente (apesar de não se exatamente esta palavra)...

    Fique com Deus, menino Carlos Rosa.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana o texto: "aprender é uma busca constante de renovação"...é isso aí, é um verbo que está sempre no futuro.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Oi , Carlos !

    Lindo texto ...
    Concordo , acima de tudo , aprender é um ato de amor.


    BjO Grande e uma Noite de Paz...

    ResponderExcluir
  4. Olá Carlos!
    Muito obrigado também pela visita ao meu humilde blog.
    Paulo Freire.. ahhh Paulo Freire! Mestre. Gênio!
    Abração!

    ResponderExcluir
  5. Oiii... obrigado pela visita... lindo seu blog parabens... volte sempre que quiser... bjsss

    ResponderExcluir
  6. Esse homem foi, é um gênio! Compartilhou tudo que aprendeu na vida. Belo texto! Abraços alviNegros

    ResponderExcluir
  7. Oi Carlos "o humano é transitório..." e o somos em tantos níveis que é imperativo que continuemos a aprender, sempre! Um beijo, Deia.

    ResponderExcluir
  8. Todo dia vivemos e aprendemos, nunca nos formamos, sempre estamos aprendendo, o aprendizado é eterno. Beijos amigo.

    ResponderExcluir
  9. Meu amigo
    Um belo texto, muito profundo, temos sempre que nos renovar.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito deste texto.
    Amei ler e refletir.
    Obrigada por sua visita.
    É muito bom fazer amizade.

    Um abraço.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  11. Oi Carlos, nessa nossa caminhada é importante seguirmos sempre aprendendo ou reaprendendo. Nos esquecemos de muitas coisas, pois vamos deixando bagagem para trás.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  12. Texto elegante e de intensa sensibilidade.

    ResponderExcluir
  13. bom dia
    Vim agradecer sua visita e conhecer o seu canto. Adorei. E esse seu texto é muito bom.
    "Aprender não ocupa espaço".
    abraços

    ResponderExcluir
  14. Oi, amigo, excelente texto!
    Paulo Freire era iluminado.
    Bjoks ;)

    ResponderExcluir
  15. Cau, eu amei o texto! Uma homenagem mais que merecida e muito bem lembrada.

    Carinhoso beijo.

    ResponderExcluir
  16. Super Cau, como professora, agradeço a lembrança. Você é um querido!

    Beijocas!

    ResponderExcluir

Meus amigos e amigas sejam sempre bem vindos, eu agradeço aos gentis e inteligentes comentários no meu humilde espaço de reflexão, expressão e comunicação. Espero o seu retorno. Um forte abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Arquivo do blog